Elementos da Magia: Dançando com o Folclore

“Trabalhando com nosso Folclore, nos enraizamos em nossa terra, e nos chamamos orgulhosamente de Bruxas.”

Elementos da Magia é a tradicionalmente a primeira core class (workshop imersivo tipicamente Reclaiming) oferecida como porta de entrada não só para a Tradição Reclaiming de Bruxaria, mas também para o aprofundamento do entendimento pessoal de magia. Dançando a dança da Bruxaria, abrimos nossa visão e consolidamos o poder de nossa vontade com a Terra, o Ar, o Fogo, a Água e o Espírito.

Continuar lendo “Elementos da Magia: Dançando com o Folclore”

O Labirinto da Rosa

O Labirinto da Rosa é um servidor mágico (constructo/ser elementar criado através de magia que possui um intento específico a ser realizado) com o objetivo de proteger e empoderar as minorias, sejam elas quais forem. Compreendemos como minorias todos os grupos que sofrem sistematica e estruturalmente alguma forma de opressão e dominação por grupos de pessoas privilegiadas em seu mais amplo espectro. Sendo assim, nossas minorias são as mulheres, as pessoas negras, as pessoas LGBTQIA+, pessoas pobres e/ou que vivem em níveis de pobreza, as pessoas indígenas e descendentes dos nossos povos tradicionais, pessoas de religiões pagãs, pessoas com necessidades especiais, etc.

Continuar lendo “O Labirinto da Rosa”

Grupo de Estudos e Práticas em Bruxaria

A Comunidade Reclaiming Brasil abre inscrições para um grupo de estudos e práticas em Bruxaria baseado no livro “The Twelve Wild Swans”, das autoras Starhawk e Hillary Valentine. Continuar lendo “Grupo de Estudos e Práticas em Bruxaria”

Feitiço em prol da Amazônia

Um chamado a todas as bruxas do Brasil e do mundo

A Tradição Reclaiming por ter suas raízes no ativismo mágico político convida todas as bruxas interessadas em participar de um ritual coletivo em prol da Amazônia. Que nossa magia possa percorrer nosso país, protegendo a fauna, flora e os povos das regiões afetadas pelo incêndio e pelo desmatamento. Continuar lendo “Feitiço em prol da Amazônia”

Supremacia Branca, Colonialismo, Bruxaria e Pentáculo de Ferro

SUPREMACIA BRANCA, COLONIALISMO, BRUXARIA E PENTÁCULO DE FERRO.
© Gede Parma. Todos os direitos reservados.
Traduzido por Lilo Assenci

Eu posso dizer agora mesmo que não quero escrever estas palavras, mas sou impelido pelos Poderosos Mortos, sou impelido por meus ancestrais, tenho uma obrigação com meus juramentos, para ajudar e defender meus familiares e semelhantes, em várias tradições… E, para além de ajudar e defender minha família bruxa, meus juramentos que me inspiram a trabalhar minha feitiçaria por justiça e cura. Continuar lendo “Supremacia Branca, Colonialismo, Bruxaria e Pentáculo de Ferro”

Tradição Reclaiming de Bruxaria: Nossa História

por M. Macha NightMare, com adições de Vibra Willow, © 1999, 2000

tradução e adições (notas de rodapé) por Lilo Assenci © 2018

A Tradição Reclaiming de Bruxaria[1] americana contemporânea surgiu de um coletivo de trabalho na área da baía de São Francisco, na Califórnia.

Continuar lendo “Tradição Reclaiming de Bruxaria: Nossa História”

Leitura Conjunta – Projeto Nós Somos Aradia

Não sabemos o futuro que o nosso país reserva. É incerto e ameaça ser sombrio… Portanto, precisamos desde já, começarmos a nos salvar. Nos libertarmos da tirania e da opressão. Ser aquele (a) que pratica e estuda magia, ajudando a comunidade ao nosso redor. Precisamos reconhecer o nosso sangue de Bruxa. Continuar lendo “Leitura Conjunta – Projeto Nós Somos Aradia”

Nós Somos Aradia

Sobre o projeto “Nós Somos Aradia”

retirado de www.wearearadia.org, 2017

traduzido por Lilo Assenci, 2018

O que é #NósSomosAradia?

Uma chamada à ação para construir e usar suas práticas para proteger e capacitar. Levantem-se. Falem. Enfeiticem orgulhosamente. Continuar lendo “Nós Somos Aradia”

A Palavra “B”, ou porque nos chamamos de Bruxas

A Palavra “B”, ou porque nos chamamos de Bruxas

Por M. Macha NightMare © 1998, 2000.
Traduzido por Lilo Assenci © 2017.

Em uma edição anterior do Reclaiming Quartely¹ , você pode ter lido um artigo de Sam Webster chamado “Por que eu me chamo de pagão?”. Esta é a minha explicação adicional de porque me chamo uma Bruxa e também porque o antigo Reclaiming Collective (RIP) escolheu certa terminologia sobre outra terminologia na elaboração dos Princípios de Unidade da Reclaiming.

Continuar lendo “A Palavra “B”, ou porque nos chamamos de Bruxas”

Feitiço das Águas de Todo Mundo

Um Feitiço para Dissolver o Ódio e o Fascismo
Comunidade Reclaiming Brasil

Nós, da comunidade Reclaiming Brasil, da Tradição Reclaiming de Bruxaria, convocamos todos os bruxos e todas as bruxas, todos e todas os/as feiticeiros/as, pagãos e pagãs, e até mesmo os simpatizantes do paganismo e bruxaria, para realizar este simples feitiço.

Continuar lendo “Feitiço das Águas de Todo Mundo”