Elementos da Magia: Dançando com o Folclore

“Trabalhando com nosso Folclore, nos enraizamos em nossa terra, e nos chamamos orgulhosamente de Bruxas.”

Elementos da Magia é a tradicionalmente a primeira core class (workshop imersivo tipicamente Reclaiming) oferecida como porta de entrada não só para a Tradição Reclaiming de Bruxaria, mas também para o aprofundamento do entendimento pessoal de magia. Dançando a dança da Bruxaria, abrimos nossa visão e consolidamos o poder de nossa vontade com a Terra, o Ar, o Fogo, a Água e o Espírito.

Com o nosso Folclore brasileiro, podemos trabalhar magicamente com a nossa terra, para que cada vez mais pessoas tenham as ferramentas necessárias para ritualizar enraizados em nosso solo. Através deste processo mágico de conexão com o local onde vivemos, e o reconhecimento de si como uma Bruxa, cada pessoa ganha confiança e entende-se como sua própria autoridade espiritual enraizada em sua comunidade.

Durante as 6 semanas desta core class imersiva, vamos percorrer uma jornada mágica, construindo, praticando e aperfeiçoando saberes distintos como: visualização, sentindo/elevando/direcionado energia, criando espaço sagrado, feitiçaria, estruturando rituais, contato com os espíritos, ativismo mágico, aterramento e centramento, comunicação mágica com a terra, experiência de grupo e comunidade e muito mais.

PRÉ-REQUISITO: 1) Leia os seis primeiros capítulos do livro “A Dança Cósmica das Feiticeiras”, de Starhawk; 2) ter mais de 18 anos.

DATAS E HORÁRIO: 6 terças feiras (aulas semanais), das 19h – 22h, horário de Brasília.

Novembro: 3, 10, 17, 24

Dezembro: 1, 8.

*Pedimos que os participantes se comprometam a participar de todas as aulas ao vivo/online. 

**Todas as aulas serão gravadas.

PLATAFORMA: aulas por videoconferências pelo Skype, fórum para discussão online pelo Discord.

VALOR: R$ 200,00 – R$ 400,00 – R$ 600,00

Escala de preço, onde você escolhe pagar UM dos valores acima, de acordo com a sua disponibilidade financeira. Valores referentes para todas as 6 aulas.

Pagamento será feito via transferência/boleto bancário após inscrição neste formulário.

***Há a possibilidade de parcelamento dos valores e também há algumas vagas para bolsas de estudo e descontos (principalmente para Pessoas Negras, Indígenas e de Cor, LGBTQIA+, Pessoas em Vulnerabilidade Social/Baixa Renda). Ambas as opções estarão disponíveis para escolha no formulário de inscrição.

FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO: https://forms.gle/K7hJSSZYmAz99SRS8

CONTATO: qualquer dúvida ou questão, entre em contato conosco através do e-mail reclaimingtraditionbrasil@gmail.com

****Caso você queira participar de uma Elementos da Magia mas não possa participar nesta turma, envie um e-mail com seu interesse. Te colocaremos na lista de interesse e, dependendo do número de pessoas interessadas, abriremos uma nova turma em outro dia e horário.

PROFESSORAS:

Dio Kahu é Bruxa, iniciado Feri, Coelho da Lua, Praticante de artes ocultas, Tarólogo, Oraculista, Feiticeiro, Aluno e Professor. Envolvido com a Tradição Reclaiming, é um dos idealizadores da comunidade Reclaiming Brasil. Também envolvido com o projeto Nós Somos Aradia, é Sacerdote pela Irmandade de Isis, onde administra o Iseum Quartzo Rosa. Possui envolvimento intenso com práticas mágicas ligadas ao tarô, bem como foco no trabalho mútuo com os espíritos da terra e dedicação ao trabalho de autopossessão diário. Acredita que quando curamos a terra o coração da humanidade é curado simultaneamente.

Lilo Assenci é uma Bruxa queer brasileira, um sacerdote, um Coelho da Lua, tradutor e professor. É iniciado na Tradição Feri de Bruxaria, um dos membros organizadores da comunidade Reclaiming Brasil e também um dos organizadores do projeto Nós Somos Aradia. Sacerdote Hierofante na Irmandade de Isis, onde coordena dois centros para treinamento (Iseum Flor de Afrodite e o Lyceum Caminhos de Hécate). Seu trabalho é profundamente conectado com o anarquismo, bruxaria, comunhão com os espíritos humanos e não humanos, paganismo, folclore brasileiro e ativismo mágico-político. Tecendo magia, cura e ativismo em um trabalho de auto possessão e integração, este é o caminho que ele encontra para encantar os mundos.

Luna Estrela, nascida no Rio de Janeiro, professora, atuante em design gráfico e nas artes como desenho, pintura e dança. Autora com alguns livros e contos publicados, e atualmente envolvida em outros projetos editoriais. Estudante da prática de bruxaria há um pouco mais de 10 anos, com idas e vindas. Comprometida e membro da tradição Reclaiming desde 2017, participando ativamente da comunidade e auxiliando na organização. Também envolvida com magias ligadas à cura, como Reiki, apreciadora da arte do tarô e ativista. Possui interesse em mitologia, folclore e magia ligadas à viagem astral. Acredita que o com a cura e o amor é possível mudar o mundo para um lugar melhor, com mais empatia e inclusividade.

O Labirinto da Rosa

O Labirinto da Rosa é um servidor mágico (constructo/ser elementar criado através de magia que possui um intento específico a ser realizado) com o objetivo de proteger e empoderar as minorias, sejam elas quais forem. Compreendemos como minorias todos os grupos que sofrem sistematica e estruturalmente alguma forma de opressão e dominação por grupos de pessoas privilegiadas em seu mais amplo espectro. Sendo assim, nossas minorias são as mulheres, as pessoas negras, as pessoas LGBTQIA+, pessoas pobres e/ou que vivem em níveis de pobreza, as pessoas indígenas e descendentes dos nossos povos tradicionais, pessoas de religiões pagãs, pessoas com necessidades especiais, etc.

 

Labirinto da Rosa

O Labirinto nasceu no período das eleições de 2018, na Primavera, às vesperas de Beltane, quando enfrentávamos um período conturbado de terror pelo futuro de nossa comunidade. Por isso, alguns membros da Reclaiming Brasil idealizaram o Labirinto da Rosa como um local seguro e protegido, onde poderíamos nos refugiar e reunir, bem como todas as minorias igualmente.

Um Labirinto onde só as minorias podem se encontrar. Um Labirinto onde àqueles que desejam nos machucar se perdem, são expulsos, nunca nos alcançam. Um local seguro onde só nós, as minorias, conseguimos entrar e percorrer. Um lugar onde os fascistas, o preconceito e a intolerância percam suas forças. Uma grande Rosa, cujos espinhos dilaceram o ódio e a violência, rasgando essas energias e transformando-as em força para as minorias.

Sua frase de poder e ativação é:

“Que o fascismo se perca no Labirinto onde as minorias se encontram”

Labirinto da Rosa 4
Foto por Dio Kahu

Por ser um labirinto mágico, esse servidor se contrai e muda de forma. O centro continua sempre com a Rosa, mas seus galhos com espinhos ao redor podem tomar outras formas e extensões. Então, não se preocupem ao desenhar o Labirinto com perfeição como no desenho. Na verdade, sejam criativos (mantendo é claro sempre a forma central: uma Rosa e suas duas folhas).

Quanto mais espalharmos seu símbolo por aí, maior será seu campo de atuação.

  • Para que o Labirinto da Rosa serve?

– Te proteger enquanto você anda na rua, fazendo com que situações de violência movidas pelo ódio às minorias não cheguem perto de você.
– Atuar em lugares como bairros e cidades que possuem manifestações fascistas e de ódio. O servidor atua magicamente rasgando essa energia com seus espinhos e a transforma em força para as minorias.

  • Como ativar e alimentar/fortalecer o Labirinto da Rosa e seu símbolo/sigilo?

A ativação é simples. É só desenhar (ou imprimir) o servidor e espalhar pelos locais. O fato de olhar para o servidor é o suficiente para ativa-lo. Porém, se deseja fortalecer o servidor, algumas coisas são recomendadas:
– A utilização da frase “que o fascismo se perca no Labirinto onde as minorias se encontram” como um mantra.
– A alimentação do servidor com uma vela rosa, vermelha ou preta sobre seu símbolo.
– Você pode recitar a Litania do Labirinto da Rosa enquanto vê seu símbolo ou com a vela acesa sobre ele.
– Oferenda aos Ancestrais que lutaram na mesma luta que lutamos é válido.
– Oferecer uma rosa (flor) ao servidor também é uma ótima escolha. E aqui eu acrescento uma dica: quando as pétalas secarem, é possível fazer um óleo de proteção com a energia do servidor, colocando as pétalas num óleo que você goste (sugiro óleo de semente de uva ou azeite).
– Incenso de flores também é bem vindo.

  • Como utilizar ou encantar o mundo com o poder do Labirinto da Rosa?

– Imprimir ou desenhar o sigilo do Labirinto da Rosa e levá-lo consigo para onde você for.
– Colocá-lo como proteção/fundo de tela de seu celular.
– Você pode desenhá-lo em sua mão com sua energia, soprar força vital para ativá-lo e fortalecê-lo, e lançá-lo em si mesmo ou em quem você deseja proteger, fazendo uma prece curta (“que esta pessoa esteja protegida e volte para casa a salvo…”) e finalizando com a frase de ativação: “que o fascismo se perca no Labirinto onde as minorias se encontram.”
– Espalhar papéis do sigilo por onde passar, ou desenhar por onde passar.
– Recitar a Litania do Labirinto da Rosa, quantas vezes quiser, enquanto tem o símbolo a sua frente. Talvez você queira acender uma vela sobre o símbolo.

Litania do Labirinto da Rosa

Dentro da Floresta escura
Com liberdade, amor e cura
As Bruxas vão para dançar
Com os Espíritos festejar

Onde o Labirinto vive
A Rosa cresce tão sublime
O Estranho e o diferente
Encontram seu lugar solene

Onde o Fogo arde com paixão
Profundo em seu coração
Da Terra surge o nosso canto
De nossas vozes, o encanto

Com o poder da comunidade
Moldamos nossa realidade
Desmantelamos o Sistema
De acordo com a nossa crença

Rachamos todo preconceito
Com o estalar de nossos dedos
Que faz a torre do Fascismo
Cair direto no abismo

E nós, Bruxas da Reclaiming Brasil
Lançamos mais este feitiço
Fascismo, você está perdido
No Labirinto onde estamos vivos.

© escrito por Lilo Assenci, 2019.

Labirinto da Rosa 1
Labirinto da Rosa para fundo/proteção de tela de celular.

Grupo de Estudos e Práticas em Bruxaria

A Comunidade Reclaiming Brasil abre inscrições para um grupo de estudos e práticas em Bruxaria baseado no livro “The Twelve Wild Swans”, das autoras Starhawk e Hillary Valentine. Continuar lendo “Grupo de Estudos e Práticas em Bruxaria”

Feitiço em prol da Amazônia

Um chamado a todas as bruxas do Brasil e do mundo

A Tradição Reclaiming por ter suas raízes no ativismo mágico político convida todas as bruxas interessadas em participar de um ritual coletivo em prol da Amazônia. Que nossa magia possa percorrer nosso país, protegendo a fauna, flora e os povos das regiões afetadas pelo incêndio e pelo desmatamento. Continuar lendo “Feitiço em prol da Amazônia”

Supremacia Branca, Colonialismo, Bruxaria e Pentáculo de Ferro

SUPREMACIA BRANCA, COLONIALISMO, BRUXARIA E PENTÁCULO DE FERRO.
© Gede Parma. Todos os direitos reservados.
Traduzido por Lilo Assenci

Eu posso dizer agora mesmo que não quero escrever estas palavras, mas sou impelido pelos Poderosos Mortos, sou impelido por meus ancestrais, tenho uma obrigação com meus juramentos, para ajudar e defender meus familiares e semelhantes, em várias tradições… E, para além de ajudar e defender minha família bruxa, meus juramentos que me inspiram a trabalhar minha feitiçaria por justiça e cura. Continuar lendo “Supremacia Branca, Colonialismo, Bruxaria e Pentáculo de Ferro”

Tradição Reclaiming de Bruxaria: Nossa História

por M. Macha NightMare, com adições de Vibra Willow, © 1999, 2000

tradução e adições (notas de rodapé) por Luiz Carlos Coutinho © 2018

A Tradição Reclaiming de Bruxaria[1] americana contemporânea surgiu de um coletivo de trabalho na área da baía de São Francisco, na Califórnia.

Continuar lendo “Tradição Reclaiming de Bruxaria: Nossa História”

Leitura Conjunta – Projeto Nós Somos Aradia

Não sabemos o futuro que o nosso país reserva. É incerto e ameaça ser sombrio… Portanto, precisamos desde já, começarmos a nos salvar. Nos libertarmos da tirania e da opressão. Ser aquele (a) que pratica e estuda magia, ajudando a comunidade ao nosso redor. Precisamos reconhecer o nosso sangue de Bruxa. Continuar lendo “Leitura Conjunta – Projeto Nós Somos Aradia”

Nós Somos Aradia

Sobre o projeto “Nós Somos Aradia”

retirado de www.wearearadia.org, 2017

traduzido por Luiz Carlos Coutinho, 2018

O que é #NósSomosAradia?

Uma chamada à ação para construir e usar suas práticas para proteger e capacitar. Levantem-se. Falem. Enfeiticem orgulhosamente. Continuar lendo “Nós Somos Aradia”

A Palavra “B”, ou porque nos chamamos de Bruxas

A Palavra “B”, ou porque nos chamamos de Bruxas

Por M. Macha NightMare © 1998, 2000.
Traduzido por Luiz Carlos Coutinho © 2017.

Em uma edição anterior do Reclaiming Quartely¹ , você pode ter lido um artigo de Sam Webster chamado “Por que eu me chamo de pagão?”. Esta é a minha explicação adicional de porque me chamo uma Bruxa e também porque o antigo Reclaiming Collective (RIP) escolheu certa terminologia sobre outra terminologia na elaboração dos Princípios de Unidade da Reclaiming.

Continuar lendo “A Palavra “B”, ou porque nos chamamos de Bruxas”

Feitiço das Águas de Todo Mundo

Um Feitiço para Dissolver o Ódio e o Fascismo
Comunidade Reclaiming Brasil

Nós, da comunidade Reclaiming Brasil, da Tradição Reclaiming de Bruxaria, convocamos todos os bruxos e todas as bruxas, todos e todas os/as feiticeiros/as, pagãos e pagãs, e até mesmo os simpatizantes do paganismo e bruxaria, para realizar este simples feitiço.

Continuar lendo “Feitiço das Águas de Todo Mundo”